sábado, 7 de março de 2009

Remontado











O quadro que apresento está patente na Sala Taller de María Nieves Martin em Villa Franca de Los Barros, Espanha, integrado no projecto VIVA-ARTE, na sua primeira edição e organizado por esta pintora e pelo seu marido e filhos. Um projecto em parceria com a Câmara de Vendas Novas e com aquele Ayuntamento espanhol.
Este quadro é um Remontado intitulado - O pêndulo desfocou! Uma paródia ao pêndulo de Foucault relacionada com o facto de o mundo afinal não estar tão equilibrado ecologicamente como se desejaria.
É constituído por diversas zonas de uma composição onde na zona central está adossada uma caixa que pode ser manipulada pelo observador e de onde sai uma peça em RAKU, que poderá ser assumida como o pêndulo frágil. Neste trabalho há diversos elementos como os caligrafomorfos, uma escrita com troncos de Quercus suber que estão organizados compositivamente numa ordem semântica.
No quadrante inferior direito surgem pequenas formas circum-ovalóides que são formamelnte inspiradas na covinhas das pedras que se encontram junto das Grutas do Escoural mas a sua organização é baseada numa parte do mapeamento do Cromeleque dos Almendres.
A figura feminina que ocupa o quadrante inferior esquerdo simboliza alguns aspectos que entendo pertinentes sobre a importância matriarcal na religião vivida no Alentejo que é transversal a todas as culturas que povoaram esta área.
Pode ser percebida a dimensão do quadro na foto onde também estou e que foi tirada na última edição da Internacional de Vendas Novas. (Foto da autoria da escultora Carmen Goga)

1 comentário:

Torre do Metal disse...

é muito diferente ver esse tipo de trabalho ao vivo e em foto. Mas é muito útil ter uma fonte como este blog, para ajudar a interpretação, (que não é difícil) mas é interesante ouvir o autor. Sobre o quadro especifico pensava que seria um relógio solar, reflectindo tanto a tradição como o tempo necessário a desenvolver um montado.
Tu com montados, eu com mapas de cidade...